Festival Foto em Pauta em Tiradentes
| 2020


O festival

O Festival de Fotografia de Tiradentes – Foto em Pauta – transforma a cidade de Tiradentes em um palco de de diversas exposições, workshops, palestras, debates, leituras de portfólio, projeções de fotografias e atividades educativas voltadas para a comunidade local.

Reafirmando seu compromisso com a qualidade da programação, o Festival proporciona ao público ricas experiências e trocas com profissionais de renome nacional e internacional, cuja produção artística é representativa no cenário da fotografia brasileira.

Sobre a Trip f/508

A viagem acontecerá no mês de março de 2020

Saída: 19/03/2020
Retorno: 22/03/2020
Para os participantes da “Trip Tiradentes 2020″, o f/508 propõe 03 workshops:

+ Fotografia Mobile, com Camilla Rosa
+ Estéticas do Caminhar, com Monica Nassar

+ Criação de diários de viagem, com Beatriz Chaves

Oferecemos ainda, aos viajantes do projeto Trip f508, valores especiais em consultorias individuais voltadas para assuntos específicos (R$150) e 20% de desconto no Curso Básico de Fotografia.

Sobre as professoras:

Monica Nassar graduou em Arquitetura e Urbanismo no Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), em 2012. Em 2013, finalizou o Curso Profissionalizante de Fotografia, no Espaço f/508 de Fotografia, em Brasília. Atuou como Diretora de Arte, realizando campanhas para agências como F.biz, NBS, Ogilvy e África. Cursou Cenografia na Escola São Paulo, onde produziu em coletivo o projeto ViroRio, que foi exposto na Quadrienal de Praga de Cenografia e Performance, em 2015. No ano de 2017 completou a sua pós graduação em Cenografia e Figurino, na Universidade Belas Artes de São Paulo, onde produziu o aplicativo Adelaide, para mapeamentos de roteiros e gestão de projetos criativos. Em 2019, participou pela segunda vez da Quadrienal de Praga de Cenografia e Performance, na temática “novas técnicas dentro da cenografia”.

Camilla Rosa é fotógrafa comercial, com produção editorial de produto e de retrato. Trabalha com a fotógrafa Raquel Pellicano no comando do Estúdio f/508, coordenando a monitoria e a prática continuada de retrato. Com 31 anos, atua em Brasília, principalmente com nu feminino, gastronomia e tratamento de imagens, além de realizar trabalhos nas áreas de fotografia de esportes e still de produto.

Beatriz Chaves é formada em comunicação social pela Universidade de Brasília, e uma entusiasta do universo criativo. Já trabalhou como produtora em centros culturais e eventos da cidade, foi Diretora de Whatever na Perestroika – uma escola livre de atividades criativas – e hoje é gerente do Espaço f/508. Vem se reconhecendo artista visual com uma produção focada em apropriação, colagem e intervenção urbana. Participou de três exposições coletivas e uma residência artística. 

O pacote inclui

. Pré-encontro, com direcionamento em relação à bagagem, dicas e lanchinho mineiro especial
. Transfer do Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, para a hospedagem, em Tiradentes (ida e volta)
. Hospedagem em Tiradentes
. Passeio guiados em grupo na Maria Fumaça até o complexo ferroviário São João Del Rei
. Desafios fotográficos-surpresa
. Café da manhã diário
. Workshop de Fotografia mobile
. Workshop Estéticas do Caminhar
. Workshop Diários de Viagem
. Análises de fotos e direcionamento da produção in loco
. Análise de portfólio (pós viagem)

*Passagens aéreas não inclusas

Hospedagem

Situada em um belo parque, esta pousada fica a 800 m do centro histórico de Tiradentes. Oferece piscina ao ar livre, bar e recepção 24 horas. Os quartos aconchegantes e bem-iluminados contam com vista para o jardim.

As acomodações da Pouso Alforria apresentam uma decoração com cores aconchegantes e dispõem de TV a cabo, ventilador, cofre e banheiro privativo com chuveiro.

As igrejas coloniais de Santo Antônio e Nossa Senhora das Mercês estão localizadas a 900 m da propriedade. Já a cidade histórica de São João del Rei fica a 14 km da Pouso Alforria.

Investimento

Quartos duplos: 10x de R$ 230,00 (R$ 2.300,00)

Formas de pagamento
.À vista: dinheiro ou transferência bancária [10% de desconto]
.Cartão de débito
.Cartão de crédito [valor integral em até 4x]

Clube de
Alunos

Início: março de 2019
Clube de experiências para ex-alunos do Espaço f/508

Sobre o programa

Uma oportunidade de continuar os estudos sobre fotografia, arte e cultura, investigar novas áreas artísticas através de cursos, vivências, palestras, e estar em constante contato com outros artistas e interessados em troca de experiências e conexão com o movimento cultural de Brasília. O Clube de Alunos proporciona essas e outras vantagens como desconto em cursos e na nossa lojinha conceitual, aperfeiçoamento de seu trabalho com leituras de portfólio e conteúdos exclusivos sobre os temas que abrangemos no f/508.

O Clube de Alunos proporciona as seguintes vantagens para o participante

. 24 horas/aula teóricas em qualquer curso: você poderá participar de qualquer curso livre ou oficina do f/508.
. Participação livre nas monitorias
. 15% de desconto em qualquer curso:
 após o uso das 24 horas em cursos do f/508, você terá desconto nas demais atividades do Espaço.
. 5% em qualquer produto da loja
. 1 encontro por mês:
 atividades exclusivas para os participantes do Clube de Alunos, revezando entre aulas especiais, oficinas, visitas guiadas à exposições da cidade, exibição de filmes, debates, etc.
. Grupo de compartilhamento de conteúdo relacionado à fotografia, arte e cultura
. 1 leitura de portfólio por semestre
 (individual e agendada)

Inscrições

Para fazer parte do Clube de Alunos, o interessado deve enviar um e-mail para cursos@f508.com.br solicitando a sua participação.

Mensalidade

Pacote de 12 meses: R$145 por mês
. À vista: dinheiro, cheque, transferência bancária [5% de desconto]
. Boletos
. Cartão de crédito [presencial – valor integral]

Cine f/508 apresenta: Elena, um filme de Petra Costa

O filme premiado brasileiro de 2012, dirigido por Petra Costa, será exibido gratuitamente no Espaço f/508, dia 29 de janeiro, às 19h. Os ingressos estarão disponíveis para retirada 1 hora antes do início da sessão. ⠀⠀

⠀⠀⠀
“O tom poético nas imagens e na trilha sonora conferem ao filme uma beleza impressionante, impulsionada pela sinceridade explícita demonstrada pela diretora na história retratada.”

AdoroCinema

Bate-papo sobre Mulherismo Africana, Matriarcado e Danças Afro | 15/03, às 19h

Abrindo a nossa programação gratuita do mês de março, teremos um bate-papo com a jornalista e dançarina especialista em estilos Afro Jô Gomes.

O bate-papo acontecerá no Espaço f/508 (CLN 413 Bloco D sala 113), no dia 15/03, a partir das 19h.

O encontro será dividido em duas partes: bate-papo e vivência. As inscrições são gratuitas; basta enviar um email para cursof508@gmail.com com nome completo e um email para contato.

“Mulherismo africana” é um termo cunhado por Clenora Hudson-Weems no final da década de 1980, pretendido como uma ideologia que se aplica a todas as mulheres afro-descendentes. Baseia-se na cultura africana e no afrocentrismo e concentra-se nas experiências, lutas, necessidades e desejos das mulheres da diáspora africana; se distingue do feminismo ou do mulherismo de Alice Walker. O mulherismo africana presta mais atenção e dá mais enfoque às realidades e injustiças da sociedade em relação à raça. Clenora Hudson-Weems procurou criar uma ideologia específica para mulheres africanas e afro-descendentes, acreditando que a sua criação separa as realizações das mulheres africanas dos intelectuais africanos, do feminismo e do feminismo negro.

Jô Gomes é dançarina especializada em estilos Afro (Danças Afro-brasileiras, Kuduro, Afro House, Dancehall, Azonto, Hip Hop, Funk e Passinho). Atualmente é professora de Dancehall, Funk, Danças Urbanas e Danças Afro. Estuda História Geral da África e Matriarcado Africano no Instituto Hoju e é pós-graduanda em Dança e Consciência Corporal (Estácio). Jornalista e especialista em Gestão de Políticas Públicas de Gênero e Raça pela Universidade de Brasília, compreende a importância das artes e da mídia para a construção e desconstrução de estereótipos e preconceitos.

Abertura da exposição Vulcânicas | 27/02 às 19h

De 27 de fevereiro a 28 de maio, a Galeria f/508 receberá a primeira exposição individual de Humberto Lemos, Vulcânicas.

Fotógrafo há 35 anos, Humberto Lemos atuou no mercado de fotografia publicitária do Rio de Janeiro. Em Brasília, está à frente do Espaço f/508 de fotografia onde, além de professor, desenvolve trabalhos em linguagem autoral com temática oriental e experimental. Realizou a curadoria de diversas exposições fotográficas e publicações virtuais e criou projetos de inclusão social e visual, como o Retratando com Alma (2005), oficina fotográfica realizada com deficientes visuais, e o Libertas CAJE (2008), realizado com os internos da instituição. Foi professor da Secretaria de Cultura do Distrito Federal de 2005 a 2007.

Portfolio: https://www.humbertolemos.com/

Sessão de Yoga no Estúdio com Karla Pellicano | 13/04 às 10h

A programação gratuita de abril vai começar com um evento inédito no f/508: o nosso estúdio fotográfico vai receber uma sessão de Hatha Yoga, conduzida por Karla Pellicano.

A sessão de 1 hora será dividida em duas partes: no início, teremos um bate-papo que introduzirá os participantes à prática da Hatha Yoga; depois, 40 minutos de aula.

Para inscrições, envie o nome completo para equipef508@gmail.com e aguarde a confirmação de inscrição. Não há necessidade de conhecimento prévio para participar da sessão de Yoga. Se puder, traga um tapete ou canga para a prática.

Ha significa sol e é representado pelo sol do seu corpo, a sua alma. Tha significa lua, que representa a sua consciência, a sua mente. Então o Hatha Yoga é a busca do equilíbrio entre as forças solar e lunar, respectivamente masculina e feminina. Isto é conseguido através da união da mente com a alma. Uma das características do Hatha Yoga é a plena atenção na ação.

Karla é instrutora de Yoga formada pela Escola de Yoga Clássico de Brasília, pela AdarshaYoga, Yogaterapia com Vitor Caruso e Yoga Educativa com Maurício Salem. Concluiu o curso de condutor de meditação Vipassana e o treinamento com Fabiano Benassi de Yoga para Empresas. Atualmente, é professora de Yoga no Espaço Aroeira, no Espaço Soma Cultura da Saúde, na 410 sul, na Unb e no Park Way.

Gincana Fotográfica com Humberto Lemos |
27/04 às 10h

O Parque Olhos d’Água receberá o última evento da programação gratuita do mês de abril. Na manhã do dia 27, o fotógrafo Humberto Lemos conduzirá a atividade que premiará os três vencedores com descontos nos cursos de maio.

Para participar, basta enviar um e-mail para equipef508@gmail.com com nome completo e aguardar a confirmação de inscrição.

A Gincana vai ser dividida em duas partes. A primeira será um Quiz sobre conhecimentos fotográficos gerais; a segunda, exercícios práticos a partir de conceitos sugeridos pelo Humberto.

A participação na Gincana não depende de câmera fotográfica – a câmera do celular é suficiente.

A cada atividade, os participantes serão pontuados. Os três primeiros colocados serão premiados:
1º lugar: 100% de bolsa em um curso com início em maio (que ainda tenha vagas disponíveis)
2º lugar: 50% de bolsa em um curso com início em maio (que ainda tenha vagas disponíveis)
3º lugar: 25% de bolsa em um curso com início em maio (que ainda tenha vagas disponíveis)

Cinema & Gastronomia
| 18/04 às 19h

No dia 18 de abril, teremos o encontro entre duas grandes artes: o Cinema e a Gastronomia. Na tela, o filme brasileiro “Estômago”, de 2008; na bandeja, pratos inspirados no enredo do filme. O filme, dirigido por Marcos Jorge, foi premiado como Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Ator no Festival do Rio de 2007.

O Cinema & Gastronomia faz parte da nossa programação gratuita. Para inscrições, envie um e-mail para equipef508@gmail.com com nome completo e aguarde confirmação de inscrição.

O protagonista do filme é interpretado pelo ator João Miguel. Raimundo Nonato (João Miguel) foi para a cidade grande na esperança de ter uma vida melhor. Contratado como faxineiro em um bar, logo ele descobre que possui um talento nato para a cozinha. Com suas coxinhas Raimundo transforma o bar num sucesso. Giovanni (Carlo Briani), o dono de um conhecido restaurante italiano da região, o contrata como assistente de cozinheiro. A cozinha italiana é uma grande descoberta para Raimundo, que passa também a ter uma casa, roupas melhores, relacionamentos sociais e um amor: a prostituta Iria (Fabiula Nascimento).

Em 2017, a primeira edição do Cinema & Gastronomia exibiu três episódios de uma série que se passava em restaurante japonês. A cada episódio, um novo prato era servido.

Desde o começo do ano, o Cine f/508 já exibiu Elena, Construindo Pontes e três curtas, na Mostra Mulheres no Cinema DF.

Cine f/508 apresenta: Mulheres no Cinema DF | 23/03, às 10h

Não tem mais volta. O olhar das mulheres está cada vez mais presente nas telas de cinema do Brasil e do mundo. No Distrito Federal, não poderia ser diferente. Cada vez mais realizadoras constroem narrativas, formam suas equipes, compartilham seus olhares e oferecem a essa atividade, até então tão ocupada por homens, uma nova forma de existir.

Ficção, documentário e o cinema híbrido, não há linguagem audiovisual que resista a essa revolução, como veremos na sessão Mulheres no Cinema DF, que será realizada no Espaço f/508 com a presença das realizadoras Camilla Shinoda, diretora do curta “Não é pressa, é saudade”; Lorena Figueiredo, diretora do documentário “Intervenções Urbanas”; e de Paula Passos e Martha Suzana, respectivamente atriz e sonidista da ficção “Coração é terra que ninguém vê” – dirigida por Isabela Vitório.

A curadoria de Camilla Shinoda busca mostrar a diversidade da produção feminina do DF e deixa claro que lugar de mulher é no cinema sim, independente do gênero cinematográfico.

A mostra acontecerá no Espaço f/508 (CLN 413 Bloco D sala 113), no dia 23/03, a partir das 10h. As inscrições são gratuitas; basta enviar um email para equipef508@gmail.com com nome completo e um email para contato.

Sinopse dos curtas

Coração é terra que ninguém vê, de Isabela Vitório 
Marilene busca um lugar de afeto e acredita que vai encontrá-lo ao lado de seus netos

Não é pressa, é saudade, de Camilla Shinoda
Uma carta de amor ficcional proporciona um encontro real. João – um ator brasiliense – convida Marcela, uma garota pernambucana (que não é atriz), para conhecer Brasília. A visita será guiada por um roteiro afetivo de lugares importantes para a vivência real do ator na cidade em que nasceu. A construção de intimidade entre o casal de desconhecidos é acompanhada pela equipe de cinema. Documentário e ficção se misturam para contar a história desse encontro. 

Intervenções Urbanas, de Lorena Figueiredo
Intervenção Urbanas busca apresentar um novo olhar sobre o Distrito Federal, por meio das intervenções urbanas presentes no concreto da rua. Os inimagináveis assuntos, muitas vezes, esquecidos diante da rotina. São contrastados e interrogados, constituindo um personagem vivo no meio urbano.

Cine f/508 apresenta: Construindo Pontes | 20/02 às 19h

O próximo filme do Cine f/508 será o documentário “Construindo Pontes”, de Heloisa Passos.

Heloisa Passos, a cineasta, é filha de Álvaro, um engenheiro civil que viveu seu auge na carreira durante a ditatura militar no Brasil. No entanto, o momento que para ele foi uma oportunidade de mostrar seu trabalho, para outros, como para sua própria filha, foi um tempo marcado pelo autoritarismo. Agora, entre memórias do passado e um futuro incerto diante da atual instabilidade política no País, pai e filha procuram outras formas de enxergar o mundo.