Oficina Pinhole | ON-LINE E AO VIVO | 24/04

Início: 24 de abril de 2021
Horários: sábado, das 10h às 12h (horário de Brasília)
Carga horária: 02 h/aula

Nível de exigência: iniciante
Pré-requisitos: ver material necessário
Público alvo: interessados em processos artesanais e fotografia analógica, estudantes de fotografia, artistas e professores

Na oficina será trabalhada a técnica de construção de uma câmera fotográfica artesanal utilizando como corpo da câmera uma caixa de fósforos (matchbox). Não é necessária experiência com câmeras ou
técnicas fotográficas para participação.

Esta técnica parte do principio da câmara escura utilizada pelos pintores antes mesmo da invenção da fotografia, onde em uma caixa com um vidro em uma extremidade e um furo na outra, os artistas usavam as figuras projetadas no vidro para reproduzir as paisagens.

Télio Pacheco

* O curso conta com apostila em .pdf e certificação em sua conclusão.

Material necessário:

– Corretivo liquido;
– Agulha 0,2 mm;
– Filme Asa 100 ou Asa 200;
– Tubo de Filme Vazio;
– Tinta Preta e Pincel;
– Copo descartável;
– Estilete
– Lapiseira
– Fita Isolante;
– Fita Durex;
– Palito Picolé;
– Papel Alumínio;
– Tesoura;
– Papel Cartão Preto;
– Caixa de Fósforo Fiat Lux 6×4 cm;
– Régua.
O participante da oficina será responsável por ter consigo o filme fotográfico e materiais de uso individual – tesoura, estilete, fita isolante, lapiseira e régua.

Em nossa prática utilizaremos a técnica da câmara escura para construir uma câmara fotográfica analógica com um filme fotográfico 35mm que será sensibilizado a partir de um furo feito com agulha.

Matchbox
Match – Fósforo
Box – Caixa
Matchbox Pinhole Câmera – Câmera simples feita utilizando uma caixa de fósforos cuja abertura do diafragma é provida por um furo de agulha.

Professor

Télio Pacheco é graduado em Engenharia Civil, com especialização em cálculo estrutural e fundação, tem experiência na área de Governança de Tecnologia da Informação e Gerenciamento de Projetos e Processos, desenvolve pesquisas sobre processos fotográficos históricos, adotando uma mistura de técnicas tradicionais e contemporâneas na criação de imagens. Como especialista em gerenciamento de projetos, adota metodologia específica na elaboração e condução dos trabalhos fotográficos que utilizam as técnicas pinhole, cianotipia e goma bicromatada. Possui vários cursos de Fotografia: 2016, Fotografia Experimental em Grande Formato, (Carga horária: 40h) Universidade de Brasília; 2015, Goma Bicromatada: monocromia e policromia, (Carga horária: 48h), Universidade de Brasília. Diversas exposições fotográficas: “Era tiro de festim”: lógica dramatúrgica e ocultamento cósmico no palco osmaniano — IV ELO — Descortinando o Teatro de Osman Lins – Memorial Darcy Ribeiro – UnB – Brasília. Além disso, cursou no período 2018/2019 a Pós Graduação em Fotografia como Suporte para Imaginação.


Investimento
R$ 95,00

Inscreva-se no curso e escolha a sua opção de pagamento no botão abaixo:

• Dúvidas? Entre em contato através do e-mail cursos@f508.com.br

Formas de pagamento

• À vista: transferência bancária pela conta, ou pela chave pix: 10.176.681/0001-05
• À prazo: cartão de crédito e PayPal
• Desconto de 5% para matrícula em mais de um curso. Entre em contato via e-mail.
• A realização do pagamento acarreta na aceitação do contrato. Acesse clicando aqui.

Curso
Profissionalizante | ON-LINE E AO VIVO | 02/03

Início: 02 de março de 2021
Horários: terças e quintas, das 17h às 19h
Total: 32 aulas | 64 hrs/aula

Nível de exigência:  intermediário
Pré-requisitos: domínio de fotometria e equipamento fotográfico próprio
Público-alvo:  fotógrafos amadores com interesse em se especializar nos diversos segmentos da fotografia comercial.

O Curso Profissionalizante de Fotografia do f/508 visa a formação cultural, visual e técnica de quem procura essa prática como profissão, propiciando uma base crítica e analítica fundamental para a construção de imagens. Visando ampliar o horizonte de referências estéticas, as aulas aumentam o espectro cultural e técnico do aluno, oferecendo o aporte para a criação de uma maturidade imagetica. O curso será ministrado inteiramente online, com análise personalizada dos exercícios propostos e disponibilização das aulas gravadas para download.

O curso proporciona ainda uma imersão em diversas possíveis áreas de atuação comercial, com o intuito de formar um fotógrafo polivalente e autosuficiente. Aborda técnicas de gestão e tratamento de imagens, iluminação em estúdio, percepção da luz, direção de pessoas, fotografia de gastronomia, fotografia de still de produtos e natureza morta, fotografia de ambientes, retrato, moda, eventos e outros segmentos oriundos da fotografia comercial. O estudo oferece um panorama de possibilidades, além da base para criação de portfólio e orientação para contato com clientes em potencial e marketing pessoal.

Professores: Humberto Lemos e Raquel Pellicano + convidados

Fotógrafo fine art, Humberto Lemos tem foco na fotografia minimalista com influência oriental. Criou o conceito de Paisagens Imaginárias – atua como coordenador e professor no Espaço f/508 de Fotografia, em Lisboa. Fundou o Espaço f/508 de Cultura em Brasília, que, em 2020, completa 15 anos. Realizou a curadoria de diversas exposições e publicações virtuais, e desenvolveu projetos de inclusão social como o Retratando com Alma (2005), oficina fotográfica realizada com deficientes visuais, e o Libertas CAJE (2008), realizado com os internos da instituição. Foi professor da Secretaria de Cultura do Distrito Federal de 2005 a 2007, e ministrou a matéria Fotografia como suporte para a arte contemporânea, na Pós Graduação f/508. Portfólios: @humbertolemos e www.humbertolemos.com

Bacharel em Artes Plásticas pela Universidade de Brasília (UnB), Raquel Pellicano é fotógrafa e artista visual, com produção autoral e experimentações em linguagem fotográfica. Comercialmente, é especializada em retratos, nu feminino e registros de viagens. Com 33 anos, é sócia do Espaço f/508, ministra cursos e oficinas e está à frente do estúdio fotográfico. Criou o programa do curso de pós graduação em Fotografia como Suporte para a Imaginação, que teve início em março de 2018. Assinou diversos editoriais de moda, com trabalhos publicados nas revistas Vogue Brasil, Trip, VIP, Playboy e VIP moda. Em 2012, realizou uma palestra sobre fotografia e Retrato à convite da Fnac. Em 2020 participou do podcast Filosofia de Bar, com Mayã Fernandes, e do projeto Coleção Particular, de entrevistas com Raisa Pina. É curadora convidada do terceiro ciclo do Projeto Baleia. Atua em Lisboa e na Europa, com temporadas no Brasil.

Módulo Técnico
Fotografia e geometria. Fotografia em preto e branco: enxergando em PB; o cinza médio. Dupla Exposição. Instante decisivo. Linguagem fotográfica. Uso da cor enquanto elemento de composição. Fotômetro, modos de medição, foco automático, tipos de arquivo. Macro com lente invertida. Flash dedicado: fotometria do flash, luz artificial, técnicas criativas. Tipos de cartões e sensores. Panorama histórico da fotografia. Landscape e longas exposições

Módulo Tratamento de Imagem
Gestão de arquivos, organização e classificação + tratamento de imagem com o software Adobe Lightroom. Apresentação das interfaces e suas ferramentas. Corte e correção de perspectiva. Fotografia P&B. Fotografia em cor. Distorção. Máscaras (filtro radial, filtro graduado, pincel de ajuste). Tipos de arquivo. Gerenciamento de Cores: Espaços de cor. Balanço de branco, exposição, contraste, saturação, HSL, tonalização dividida, detalhe. Limpeza da imagem: Remoção de sujeira do sensor. Preparação de arquivos para impressão fine art. Photoshop CC para retratos: tratamento de pele high end, suavização de textura, distorção da imagem, criação gráfica de dipticos e trípticos, dupla exposição no photoshop.

Módulo Composição Avançada
Leis da Gestalt (Unidade, segregação, unificação, continuidade, proximidade, semelhança, pregnância da forma); Conceituação e propriedades (Forma, Forma/Ponto, Forma/Linha, Forma/Volume); Categorias Conceituais (Harmonia/Ordem, Harmonia/Regularidade, Desarmonia,Equilíbrio/Simetria, Equilíbrio/Assimetria, Equilíbrio/Peso e direção, Contraste/Luz e tom, Contraste/Ritmo, Contraste/Passividade; Técnicas visuais: clareza, simplicidade, minimidade, complexidade, redundância, aleatoriedade, fragmentação, sutileza, distorção, profundidade, superficialidade, sequencialidade; O uso da cor e da luz.

Fotografia de Produtos
O módulo tem o intuito de oferecer aos alunos condições de aprender as nuances dos diversos tipos de trabalhos de still passíveis de serem realizados em estúdio: Varejo, Metal, Vidro, Jóia e Branco sobre branco.

Gestão de mídias sociais  para fotógrafos
Uso otimizado de mídias sociais – postagens patrocinadas, criação de público, entendimento de métricas, linguagem para mídias sociais/instagram.

Fotografia por Raquel Pellicano – Styling de Rachel Smidt, maquiagem de Talita Sá e modelo Caroline Santos

Fotografia de Gastronomia e Ambientes
As aulas visam proporcionar uma vivência teórica nas áreas da fotografia de gastronomia e de ambientes, além de fornecerem referências visuais e conhecimentos técnicos específicos inerentes a essas frentes da fotografia comercial, englobando informações sobre foodstyling, lentes apropriadas, iluminação e composição visual.

Fotografia Social
Os ramos da fotografia social, suas especificidades e mercado. Estilos na fotografia de casamentos, equipamentos e suas aplicações. O uso de flash. O papel da equipe na fotografia. Workflow: organização dos arquivos e particularidades do tratamento de imagem. Apresentação do produto final.

Fotojornalismo
Os primórdios do fotojornalismo. Suas manifestações e práticas de construção imagetica. O nascimento das agências. As novas mídias – o olhar e o corpo. Da fotorreportagem à fotografia documental.

Retrato e moda
Escolha da Locação. Sugestões de lentes adequadas. Tipos de trabalho: book, editorial de moda, catálogo, look-book, lifestyle, ensaios, retrato autoral, retrato corporativo e demais frentes. O conceito na fotografia de moda. Breve história da fotografia de retrato e moda. Análise de trabalhos de fotógrafos renomados. O papel do stylist (produção fashion e comercial). O papel do maquiador. Uso do fotômetro. Esquemas de iluminação em estúdio. Uso do flash de estúdio. Sincronização e fotocélula. Direção de modelos. Uso do rebatedor/bandeira. Fotografia externa. Luz dura/ luz suave. Buscando uma linguagem autoral. Diferenças entre fashion, comercial e conceitual. Orientações sobre mercado, diálogos com clientes e elaboração de orçamentos. Orientação para criação de portfólio online.

Nu fotográfico
O módulo é orientado na direção de um nu artístico e comercial, trazendo questões relevantes inerentes à frente de atuação. São apresentadas abordagens de desconstrução do olhar voltadas para um estudo da luz. Entendimento dos conceitos e diferenças entre o formalismo, o nu autoral e o nu comercial.

Inclui certificado
As aulas serão gravadas e disponibilizadas para download.


Investimento
R$ 2.240,00

• Para se inscrever, clique aqui e preencha o formulário com seus dados. Entraremos em contato via e-mail.
• Dúvidas? Entre em contato através do e-mail cursos@f508.com.br

Formas de pagamento

• À vista: transferência bancária pela conta ou pela chave pix: 10.176.681/0001-05
• Cielo [em até 12x sem juros]
• Desconto de 5% para matrícula em mais de um curso. Entre em contato via e-mail.
• A realização do pagamento acarreta na aceitação do contrato. Acesse clicando aqui.

Tretas da Arte Contemporânea com o Tio Virso | ON-LINE E AO VIVO | 23/04

Ulay and Marina Abramović, AAA-AAA, 1978

Início: 23 de abril de 2021
Horários: às sextas-feiras, das 19h às 21h
Total: 4 aulas
Duração: 4 semanas
Carga horária: 8 horas/aula

Pré-requisitos: nenhum
Público alvo:  o curso é aberto a todos que queiram conhecer e entender as tretas da arte contemporânea

Tretas são polêmicas e costumam causar onde quer que apareçam, mas sabe o que é ainda mais sensível, provocável, irritável e excitável que tretas? Arte.

Imagens meramente ilustrativas de tretas antigas.

Mais que uma forma de expressão, comunicação, simbolismo ou estética, arte é um sistema, e como todo sistema, apresenta diversidade de labirintos gosmentos entre uma ponta e outra, e ao longo deste curso iremos explorar as tripas indigestas que jazem sob os belos corpos dos museus, coleções particulares e espaços públicos.

Quem faz arte? Quem diz o que é arte? Quem se beneficia disso? Quem é excluído dessa rodinha? Eu não vou responder nenhuma dessas perguntas de maneira definitiva, mas desdobraremos todas as outras questões que se brotam quando se abrem as Gavetas de Pandora do armário das artes visuais.

O Programa

Aula 1
Tretas teóricas: a (in)determinação da arte
1.1 O que é arte?
1.2 Quem determina o que é arte?
1.3 Quem se beneficia disso?

Aula 2
Tretas econômicas

2.1 A farra do mercado de arte
2.2 A farra do mercado paralelo de roubos e falsificações
2.3 A farra do colecionismo que ainda vai nos destruir

Aula 3
Tretas identitárias

3.1 O pódio e a geladeira do sistema de arte
3.2 Como o sistema de arte perpetua e aumenta a geladeira
3.3 O sistema de arte: uma geladeira conservadora e radical ao mesmo tempo

Aula 4
Tretas políticas

4.1 Arte pelos políticos (ou alguns deles)
4.2 Arte contra os políticos (ou outros deles)
4.3 Arte pela negação da política

O Professor

Vilson André Moreira Gonçalves, divulgador científico e administrador da página História da Arte com o Tio Virso, é graduado em Licenciatura em Artes Visuais pela UEPG e doutor em Comunicação e Linguagens pela UTP. Desde 2008 trabalha como arte-educador na educação básica e no ensino superior, dedicando-se desde 2019 à democratização do conhecimento científico em história da arte nas redes sociais.
Siga o tio Virso:
https://www.instagram.com/tiovirso
https://www.facebook.com/tiovirso

• O curso inclui certificado

• Todas as aulas online do f/508 são gravadas e fornecidas para que o aluno possa revisitá-las quantas vezes desejar


Investimento
R$ 280,00

Inscreva-se no curso e escolha a sua opção de pagamento no botão abaixo:

• Dúvidas? Entre em contato através do e-mail cursos@f508.com.br

Formas de pagamento

• À vista: transferência bancária pela conta, ou pela chave pix: 10.176.681/0001-05
• À prazo: cartão de crédito e PayPal
• Desconto de 5% para matrícula em mais de um curso. Entre em contato via e-mail.
• A realização do pagamento acarreta na aceitação do contrato. Acesse clicando aqui.

Fotografia e política: reflexões contemporâneas | ON-LINE E AO VIVO | 30/03

Início: 30 de março de 2021
Horários
Terças e quintas, das 10h às 12h30 (horário de Brasília)
Total: 10 aulas
Duração: 05 semanas
Carga horária: 23 h/aula

Pré-requisitos: básico
Público alvo: estudantes, fotógrafos, artistas, pesquisadores e interessados no tema

O curso “Fotografia e Política” pretende oferecer uma reflexão sobre as relações entre fotografia e questões políticas que envolvem questões referentes a alguns temas como imigração, terrorismo, colonialismo e pós-colonialismo, fornecendo um panorama histórico-antropológico da fotografia como base para um pensamento crítico.

• O curso inclui certificado

• Todas as aulas online do f/508 são gravadas e fornecidas para que o aluno possa revisitá-las quantas vezes desejar

Serão apresentados vários pontos de vista fornecido por artistas que põem em relevo suas próprias questões que referem aos problemas e discriminações de gênero, raciais, sociais e econômicas através de suas práticas fotográficas. Nesse sentido, as aulas acompanharão a discussão de textos teóricos de importância para a reflexão fotográfica e, também, contemplará a observação de alguma produção contemporânea de imagens, para que, assim, além da base teórica, encontre-se trabalhos representativos e ilustrativos de questões políticas que contemplem uma grande variedade de discursos que circulam dentro e fora do circuito hegemônico da arte contemporânea. A discussão de tais assuntos mostra-se pertinente e condizente com os debates contemporâneos da arte, da cultura visual, da filosofia e dos estudos pós-coloniais.

Programa

Módulo 1: Fotografia e representação do Outro – Imigração, terrorismo e práticas coloniais. História da Fotografia; Imagens da Ciência com a reprodução de inferioridade racial e de género e suas consequências contemporâneas. Leituras teóricas & observação de fotografias produzidas por artistas contemporâneos

Módulo 2: Fotografia e Performance – A mulher na fotografia e suas reivindicações (sociais, raciais e econômicas). A fluidez de género. A performance e a fotografia enquanto documento. Releituras do colonialismo nas fotografias contemporâneas. Leituras teóricas & observação de fotografias produzidas por artistas contemporâneos.

Professora

Lorena Travassos é Doutorada em Ciências da Comunicação (NOVA, Lisboa), no ramo “Comunicação e Arte”, com especialidade em Fotografia. Mestre em Comunicação (UFPB, Brasil) e fotógrafa. Atualmente é professora de História e Técnicas Fotográficas na Universidade Lusófona, na licenciatura de Fotografia, e investigadora assistente no projeto Photo Impulse (financiado pela FCT-PTDC/COM-OUT/29608/2017). É investigadora integrada do ICNOVA e formadora em cursos livres de projetos fotográficos em Lisboa.


Investimento
R$ 400,00

Inscreva-se no curso e escolha a sua opção de pagamento no botão abaixo:

• Dúvidas? Entre em contato através do e-mail cursos@f508.com.br

Formas de pagamento

• À vista: transferência bancária pela conta, ou pela chave pix: 10.176.681/0001-05
• À prazo: cartão de crédito e PayPal
• Desconto de 5% para matrícula em mais de um curso. Entre em contato via e-mail.
• A realização do pagamento acarreta na aceitação do contrato. Acesse clicando aqui.

Composição fotográfica avançada | ON-LINE E AO VIVO | 01/03

Início: 01 de março de 2021
Horários: às segundas, das 15h às 17h (Horário de Brasília)
Total: 5 aulas
Duração: 5 semanas
Carga horária: 10 horas/aula

Nível de exigência: básico
Público alvo: Fotógrafos amadores ou profissionais que querem aprofundar e exercitar composição avançada e outros elementos da linguagem visual

*As aulas serão transmitidas atravésd a plataforma Zoom

Linguagem visual é todo tipo de comunicação que se dá através de imagens e símbolos. Os elementos visuais constituem a substância básica daquilo que vemos, são a matéria-prima de toda informação visual. Entretanto, esses elementos isolados não representam nada, não tem significados preestabelecidos, nada definem antes de entrarem num contexto formal. Já a cor, por se tratar não de uma propriedade do objeto, mas de um elemento perceptivo,  tem uma série de implicações na Psicologia. Dessa forma, sua percepção pode causar diferentes de sensações, de acordo com cada cultura.

O curso visa proporcionar um aprofundamento no uso de elementos visuais, desafiando o aluno à busca de uma linguagem e da compreensão de questões avançadas relacionadas à composição, produção e processamento das imagens.

Programa

Aula 1
1- Fotografia e geometria
2- Olhar antagônico
3- Geometria com longa em pb
4- Fundamentos de luz cor

Aula 2
5- Harmonia
6 – Desarmonia
7- Peso e direção
8 – Fundamentos de luz e cor

Aula 3
10 – Simetria
11 – Contraste/proporção
12 – Minimidade
13 – Fundamentos de luz e cor

Aula 4
14 – Exageração
15 – sobreposição
16 – diluição
17 – Fundamentos de luz e cor
18- Haikai
19 – Caça Palavra

Aula 5
Correção dos exercícios de exageração, sobreposição, diluição, Haikai e caça-palavras

•O curso inclui certificado

•Todas as aulas online do f/508 são gravadas e fornecidas para que o aluno possa revisitá-las quantas vezes desejar

Professor

Fotógrafo fine art, Humberto Lemos tem foco na fotografia minimalista com influência oriental. Criou o conceito de Paisagens Imaginárias – atua como coordenador e professor no Espaço f/508 de Fotografia, em Lisboa. Fundou o Espaço f/508 de Cultura em Brasília, que, em 2020, completa 15 anos. Realizou a curadoria de diversas exposições e publicações virtuais, e desenvolveu projetos de inclusão social como o Retratando com Alma (2005), oficina fotográfica realizada com deficientes visuais, e o Libertas CAJE (2008), realizado com os internos da instituição. Foi professor da Secretaria de Cultura do Distrito Federal de 2005 a 2007, e ministrou a matéria Fotografia como suporte para a arte contemporânea, na Pós Graduação f/508. Portfólios: @humbertolemos e www.humbertolemos.com


Investimento
R$ 350,00

• Para se inscrever, clique aqui e preencha o formulário com seus dados. Entraremos em contato via e-mail.
• Dúvidas? Entre em contato através do e-mail cursos@f508.com.br

Formas de pagamento

• À vista: transferência bancária pela conta ou pela chave pix: 10.176.681/0001-05
• Cielo [em até 12x sem juros]
• Desconto de 5% para matrícula em mais de um curso. Entre em contato via e-mail.
• A realização do pagamento acarreta na aceitação do contrato. Acesse clicando aqui.

Curso Básico de Fotografia + Fotografia Mobile – noite | ON-LINE E AO VIVO | 17/03

Início: 17 de março de 2021
Horários: às quartas e sextas, das 19h às 20:30h (aulas teóricas ao vivo + proposta de exercícios práticos) – Horário de Brasília
Total: 5 aulas, 6 horas/aula

Nível de exigência: iniciante
Pré-requisitos: câmera própria com modo manual
Público alvo: todos que desejam entrar no mundo da fotografia e ter domínio da câmera fotográfica no modo manual.

O Curso Básico de Fotografia do Espaço f/508 é composto por aulas expositivas ao vivo via plataforma Zoom e propostas de exercícios práticos, visando o domínio completo da técnica fotográfica e o uso do modo manual da câmera, essencial para a construção de imagens. Aborda conceitos importantes de composição e estruturação fotográfica, e possui uma aula extra completa voltada à fotografia mobile. Os alunos contam ainda com uma análise de fotos pessoal e personalizada, que acontecerá aula a aula, por email (até 5 fotos por aula).

* O curso conta com apostila em .pdf e certificação em sua conclusão.

Programa do curso

Aula 1 
.Surgimento da fotografia;
.Princípio de formação da imagem numa câmara escura;
.Diferentes tipos de câmeras;
.Diafragma;
.Conceitos básicos de composição
.Explicação de exercício prático 

Aula 2 
.Obturador;
.Uso do fotômetro;
.Sensibilidade (ISO);
.Temperatura de cor e balanceamento de branco;
.Conceitos básicos de composição;
.Explicação de exercício prático 

Aula 3
.Objetivas (distância focal);
.Macrofotografia;
.Uso do flash;
.Percepção da luz;
.Conceitos básicos de composição
.Explicação de exercício prático 

Aula 4 
.Panning e zooming;
.O arquivo digital: compactação e formatos de arquivos;
.Orientação para aquisição de câmeras;
.Dicas para fotografar assuntos distintos;
.Conceitos básicos de composição
.Explicação de exercício prático 

Aula EXTRA.
.Fotografia Mobile

Aula extra – Fotografia Mobile

Os smartphones democratizaram a fotografia, trazendo um universo amplo de possibilidades à palma da mão do fotógrafo amador. A aula proporciona um contato com detalhes técnicos, noções de composição imagética, enquadramento, tratamento de imagem e filtros, além de abordar questões relacionadas ao compartilhamento de fotos e ideias pelo celular.

•O curso inclui certificado

•Todas as aulas online do f/508 são gravadas e fornecidas para que o aluno possa revisitá-las quantas vezes desejar

Professor

Télio Pacheco desenvolve pesquisas sobre processos fotográficos históricos, adotando uma mistura de técnicas tradicionais e contemporâneas na criação da imagem. Como especialista em gerenciamento de projetos, adota metodologia específica na elaboração e condução dos trabalhos fotográficos que utilizam as técnicas Pinhole, Cianotipia e Goma Bicromatada.  O professor tem em seu currículo exposições individuais e coletivas em Brasília.

Há muito tempo que queria inscrever-me num curso de fotografia, mas o facto de ter de conjugar horários sempre me desmotivou. Neste curso encontrei o melhor dos dois mundos: não precisei de sair de casa e tive acesso a imensa informação interessante que me ensinou técnicas que há muito tentava usar. Além disso, em cada aula são nos dados exercícios que põem em prática aquilo que aprendemos. Adorei!

Lara Luís

Pessoalmente, tinha como objetivo do ano dedicar-me à fotografia que eu adoro mas que era aquele ser que fotografava no modo automático.
Nos tempos difíceis que vivemos, este curso permitiu que nem tudo fosse por água a baixo. Em poucas aulas fotografo em modo manual e até me orgulho de fotos que já consigo fazer.
O facto de ser possível ver e rever as aulas é excelente, pois é quando estamos a tentar concretizar os exercícios que surgem as dúvidas e lá vamos nós dar uma espreitadela.
Agradeço imenso à Raquel e ao Humberto pela dedicação, por transmitirem os seus saberes de uma forma genuína e pelas bases sólidas que dão aos vossos alunos.

Rita Ferreira

O curso Iniciação à Fotografia ministrado pelos fotógrafos Humberto Lemos e pela Raquel Pellicano é fantástico! O conteúdo das aulas é robusto, mas como  as aulas são didáticas, fica fácil aprender os conceitos e as técnicas.
Outrossim, a plataforma utilizada permite uma interação da turma com os professores e há a disponibilização do material utilizado na aula para os alunos revisitarem o conteúdo. Muitíssimo obrigado!

Felipe Ribeiro Cardoso

O curso foi maravilhoso, eu comecei do zero e aprendi muito com vocês. Todas as dúvidas que tive vocês conseguiram responder e me ajudar, os feedbacks das fotos também foram bons pra que eu tentasse de formas diferentes. Confesso que no início fiquei meio receosa por ser um curso online e eu nunca consegui ter muita disciplina, mas deu muito certo e eu consegui entender todo conteúdo e sair sem dúvidas. Foi um prazer e espero que nos encontremos em breve, obrigada.

Erika Danielle Peres

Investimento
R$ 350,00

Inscreva-se no curso e escolha a sua opção de pagamento no botão abaixo:

• Dúvidas? Entre em contato através do e-mail cursos@f508.com.br

Formas de pagamento

• À vista: transferência bancária pela conta, débito automático ou pela chave pix: 10.176.681/0001-05
• À prazo: cartão de crédito e PayPal
• Desconto de 5% para matrícula em mais de um curso. Entre em contato via e-mail.
• A realização do pagamento acarreta na aceitação do contrato. Acesse clicando aqui.

Oficina de Fotografia de Gastronomia | ON-LINE E AO VIVO | 17/04

Data: 17 de abril de 2021
Horário: sábado, das 10h às 12h (Horário de Brasília)
Carga horária: 02 horas

Pré-requisitos: câmera fotográfica ou celular
Público-alvo: fotógrafos amadores e profissionais, produtores de conteúdos para plataformas online, blogueiros

A oficina visa fornecer aos alunos referências visuais e conhecimentos específicos inerentes a essa frente da fotografia comercial. O curso é destinado a fotógrafos amadores e profissionais que tenham interesse em obter maior domínio e experiência na fotografia de alimentos.

Professora

Bacharel em Artes Plásticas pela Universidade de Brasília (UnB), Raquel Pellicano é fotógrafa e artista visual, com produção autoral e experimentações em linguagem fotográfica. Com 32 anos, é sócia do Espaço f/508, ministra cursos e oficinas e está à frente do estúdio fotográfico. Criou o programa do curso de pós graduação em Fotografia como Suporte para a Imaginação, que teve início em março de 2018. Assinou diversos editoriais de moda, com trabalhos publicados nas revistas Vogue Brasil, Trip, VIP, Playboy e VIP moda. Em 2012, realizou uma palestra sobre fotografia e Retrato à convite da Fnac. Em 2020 participou do podcast Filosofia de Bar, com Mayã Fernandes, e do projeto Coleção Particular, de entrevistas com Raisa Pina. Já realizou trabalhos para diversos empreendimentos, incluindo os estabelecimentos Quintal, Ces’t la Vie e Severina, além dos restaurantes dos hotéis da rede Royal, em Belo Horizonte e São Paulo.


Investimento
R$ 95,00

Inscreva-se no curso e escolha a sua opção de pagamento no botão abaixo:

• Dúvidas? Entre em contato através do e-mail cursos@f508.com.br

Formas de pagamento

• À vista: transferência bancária pela conta, ou pela chave pix: 10.176.681/0001-05
• À prazo: cartão de crédito e PayPal
• Desconto de 5% para matrícula em mais de um curso. Entre em contato via e-mail.
• A realização do pagamento acarreta na aceitação do contrato. Acesse clicando aqui.

Fotografia de
Espetáculos | ON-LINE E AO VIVO | 13/03

Peça “Navegando Desertos Remotos” – Fotógrafo Washington Bonini

Início: 13 de março de 2021
Horários: aos sábados, das 10h às 12h (Horário de Brasília)
Duração: 2 encontros
Carga horária: 4 horas/aula

Pré-requisito: é necessário ter domínio de fotometria e possuir equipamento DSLR.

A oficina destina-se a fotógrafos profissionais e amadores, que tenham interesse na cobertura de peças de teatro, dança, circo e shows.

Peça “Murga Madre” – Fotógrafo João Rocha

Programa

.Diferentes posturas para espetáculos de dança, teatro e shows;
.Equipamentos utilizados;
.Análise da iluminação do espetáculo;
.Balanço do branco (temperatura de cor);
.Auto-foco/foco manual;
.Escolha da velocidade do obturador;
.Abertura do diafragma, ISO;
.Sequência de imagens;
.Momento do clique;
.Bastidores, ensaios e cena;
.Fotos de bandas/grupos; EP;
.Introdução ao Tratamento de Imagem

Professor

Fotógrafo fine art, Humberto Lemos tem foco na fotografia minimalista com influência oriental. Criou o conceito de Paisagens Imaginárias – atua como coordenador e professor no Espaço f/508 de Fotografia, em Lisboa. Fundou o Espaço f/508 de Cultura em Brasília, que, em 2020, completa 15 anos. Realizou a curadoria de diversas exposições e publicações virtuais, e desenvolveu projetos de inclusão social como o Retratando com Alma (2005), oficina fotográfica realizada com deficientes visuais, e o Libertas CAJE (2008), realizado com os internos da instituição. Foi professor da Secretaria de Cultura do Distrito Federal de 2005 a 2007, e ministrou a matéria Fotografia como suporte para a arte contemporânea, na Pós Graduação f/508. Portfólios: @humbertolemos e www.humbertolemos.com


Investimento
R$ 190,00

Inscreva-se no curso e escolha a sua opção de pagamento no botão abaixo:

• Dúvidas? Entre em contato através do e-mail cursos@f508.com.br

Formas de pagamento

• À vista: transferência bancária pela conta, ou pela chave pix: 10.176.681/0001-05
• À prazo: cartão de crédito e PayPal
• Desconto de 5% para matrícula em mais de um curso. Entre em contato via e-mail.
• A realização do pagamento acarreta na aceitação do contrato. Acesse clicando aqui.

Pós-Graduação Lato Sensu
em Fotografia | ONLINE

As aulas da pós gradução f/508 em fotografia serão realizadas através da plataforma zoom, online e ao vivo, e são abertas para todo o Brasil.

Por entendermos que os horários nem sempre são compatíveis para todos os interessados, os encontros são gravados, o que facilita o ingresso aos que não podem participar durante o horário pré-estabelecido.

Início: 01 de março
Horários: Segundas e quartas, das 19h às 22h
Carga horária: 420 horas/aula

Nível de exigência: avançado
Pré-requisitos: possuir certificado de graduação reconhecido pelo MEC, e entrevista pré-agendada
Público alvo: voltado para graduados em fotografia, arquitetura, artes visuais, publicidade, audiovisual, jornalismo, antropologia, letras e demais áreas de humanas, o curso abordará uma linguagem multi e inter disciplinar, focada na formação intelectual e no escoamento da produção de projetos imagéticos conceitualmente estruturados.

A Pós-Graduação em Fotografia como Suporte para a Imaginação possui módulos correlacionados, nos quais o aluno é introduzido ao estudo da imagem e suas múltiplas possibilidades de criação e suportes, buscando o desenvolvimento de diferentes projetos fotográficos. Abordam-se diversas áreas e poéticas visuais, de maneira a fornecer ferramentas para a busca de uma linguagem autoral com o embasamento e conhecimento necessários para a criação consciente de imagens carregadas de signos.

A partir do momento em que se entende o ato de criação fotográfico como multidisciplinar, o aluno passa por um processo imersivo de interação e estudo de áreas como cinema, literatura, antropologia visual, artes plásticas, fotografia documental e contemporânea, além de processos históricos e alternativos de construções imagéticas.


Grade Curricular

1° Semestre:

Antropologia visual

Fotografia como suporte para a arte contemporânea

Fotografia documental contemporânea

Metodologia e desenvolvimento de pesquisa

2° Semestre:

Estudo de Expografia

Criação de Projetos Imagéticos

Processos Curatoriais

3° Semestre:

História da arte moderna e contemporânea

Filosofia da Fotografia

Linguagem e semiótica

Estética da linguagem

4° Semestre:

Processo criativo

Narrativas fotográficas

Processos históricos, alternativos e manuais da fotografia

Poética cinematográfica: estudos da linguagem audiovisual

Corpo Docente

Alexandre Dafoe de Aguiar

Nascido em Piracicaba, interior de São Paulo. Desde criança se interessa por fotografia e seu funcionamento, sempre brincando com o mundo de ponta-cabeça da câmera reflex que pegava escondido da mãe. Sua primeira câmera foi uma Kodak Sport 25mm. Na faculdade frustrou-se com as novas câmeras digitais automáticas (point and shoot) e foi fazer workshops de fotografia PB 35mm na Rhode Island School of Design, onde se apaixonou pela fotografia analogica química. É formado em administração hoteleira pela Johnson & Wales University em Providence, Rhode Island, EUA, em Relações Internacionais pela George Washington University, Washington D.C., EUA, e com especialização em Língua e Cultura Russas pela Universidade Estatal de São Petersburgo, na Rússia . Em 2008, no final da segunda graduação, retomou a prática da fotografia em 35mm  e foi apresentado aos processos históricos alternativos. Desde então tem se dedicado à pesquisa e ensino desses processos. Trabalhou com programas governamentais de educação em áreas de conflito no Brasil e no exterior até 2017, quando decidiu se dedicar à fotografia e outros projetos.

Marco Antônio Vieira

Marco Antônio Vieira é Doutor em Arte, na linha de Teoria e História da Arte, pelo Departamento de Artes Visuais do Instituto de Artes da UnB. Sua tese “História(s) da Arte e o Sintoma Alegórico: Por uma Releitura de Winckelmann” foi a selecionada para concorrer ao Prêmio Capes de Tese 2019 na área de Artes Visuais pelo PPG-ARTE do VIS/IdA/UnB. É Mestre em Teoria Literária com a dissertação “De um Lacan em Lituraterra: Pintescritura em W(o)Wolf e Green(a)Way”, pelo Departamento de Teoria Literária e Literaturas do Instituto de Letras da UnB. Coordenou a Graduação em Design de Moda do Centro Universitário IESB,de sua abertura em 2007 a 2016. O curso foi reconhecido com a nota máxima do MEC em 2011. Atuou como docente em nível de Pós-Graduação nos Centros Universitários Belas Artes e SENAC, em São Paulo, e no Nordeste. Atualmente ocupa o cargo de Professor Substituto na área de Teoria e História da Arte do curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Uberlândia.Atua como curador independente desde 2007 e tem em seu currículo exposições de artistas como Rubem Valentim, Athos Bulcão, Vik Muniz, entre outros. Sua pesquisa ocupa-se das motivações desejantes que marcam a discursividade em torno dos objetos, fenômenos e manifestações da arte.

Guilherme Tosetto

Guilherme Tosetto é fotógrafo e curador independente. Doutor em Belas Artes na especialidade de Fotografia pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, mestre em Multimeios pela Unicamp sob orientação do professor Etienne Samain, especialista em Fotografia pela Universidade de Londrina. Atualmente é professor dos cursos de Fotografia, Artes Visuais e Comunicação Social no Centro Universitário Belas Artes de São Paulo. Atuou como fotojornalista e editor de imagens em diversos veículos de comunicação (Folha de São Paulo, Editora Abril, iG, G1). Foi curador das exposições Territórios Íntimos na Galeria 78/80, em Lisboa (2016); Imagens Incendiárias na Galeria da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa (2015) e 140 caracteres no MAM-SP (2014).

Mayã Fernandes

É doutoranda em Artes Visuais pela UnB (2019), mestra em Metafísica na linha de pesquisa Estética Antiga: Narrativa, Visualidade e Verdade, pela mesma Universidade (2018), com estágio de pesquisa na UBA (Buenos Aires/ARG) e graduada em Filosofia pela UnB (2016). Publicou vários artigos nas áreas de filosofia antiga, estética e ensino de filosofia. Investiga a teoria do belo em Plotino e sua relação com a arte moderna. É Membro do Projeto Das Deusas: gênero, arte e filosofia. 

Lourenço Cardoso

Professor Adjunto do dep. de Comunicação do Centro Universitário de Brasília – Uniceub. Doutorando em Comunicação, linha de pesquisa Imagem, Estética e Cultura Contemporânea PPG/FAC – UnB; Mestre em Comunicação, linha de pesquisa Imagem e Som PPG/FAC – UnB; Bacharel em Antropologia Social e Licenciado em Ciências Sociais DAN – UnB; Dedica-se à pesquisa em fotografia, memória e representação visual. Desenvolve trabalhos autorais de produção fotográfica e conteúdos audiovisuais. Como professor leciona disciplinas ligadas à fotografia, ao audiovisual e às ciências sociais com ênfase em fotojornalismo e fotografia publicitária. Atualmente desenvolve pesquisas ligadas à fotografia contemporânea e sua multiplicidade e significados. Atuou no mercado profissional fotográfico transitando em diferentes áreas de produção.
Autor de Lajão – 2009, dentre outros fotolivros.

Christus Nóbrega

Artista e Professor do Departamento de Artes Visuais (VIS) da Universidade de Brasília (UnB). Doutor e Mestre em Arte Contemporânea pela UnB. Leciona e orienta nos curso de Pós-Graduação em Artes da mesma instituição. Sua pesquisa poética parte das teorias do território e da viagem, atravessadas por ideias de ficção e memória, história social e individual. Utiliza a residência artística e a alteridade como métodos. Vem participando regularmente de exposições nacionais e internacionais. Recentemente fez individuais no Centro Cultural do Banco do Brasil (2017/2018) e na Bienal de Curitiba (2018). Tem obras em acervos e coleções privadas e institucionais, a exemplo da Fondation Cartier (Paris), CAFA (Pequim), Embaixada do Brasil na China e Austrália, Museu de Arte do Rio (Rio de Janeiro), Museu Nacional (Brasília), entre outros. Autor de livros e artigos científicos na área de artes e arte/educação. Premiado pelo Programa Cultural da Petrobras (2004 e 2011) e pelo Museu da Casa Brasileira (2004). Indicado ao Prêmio PIPA (2017 e 2019). Em 2015, representou o Brasil na China pelo Programa de Residência Artística do Ministério das Relações Exteriores do Brasil. Em 2019, pelo mesmo programa, representou o Brasil na Austrália que resultou em exposições individuais no país e atual projeto de pesquisa internacional com a Australian National University.

Monica Nassar

Monica Nassar graduou em Arquitetura e Urbanismo no Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), em 2012. Em 2013, finalizou o Curso Profissionalizante de Fotografia, no Espaço f/508 de Fotografia, em Brasília. Mudou-se para a cidade de São Paulo, em 2014, onde começou a atuar como pesquisadora em produtoras audiovisuais, entre elas a Academia de Filmes, GOS Catala Filmes, Your Mama, Sentimental Filmes e outras. Atuou também como Diretora de Arte, realizando campanhas para agências como F.biz, NBS, Ogilvy e África. Cursou Cenografia na Escola São Paulo, onde produziu em coletivo o projeto ViroRio, que foi exposto na Quadrienal de Praga de Cenografia e Performance, em 2015, mesmo ano em que participou da equipe de pesquisa da exposição do multiartista Tadeu Jungle na Sala do Humano do Museu do Amanhã. Usou suas habilidades multidisciplinares para compor equipes nas mesas independentes da Mesa e Cadeira, trabalhando com os ciborgues Neil Harbisson e Moon Ribas na construção do WeTooth, o primeiro aparelho de comunicação intra-dental do mundo, em 2016 (contemplado no Guinness Book of Records 2020) e com o fundador do Kickstarter, Perry Chen, na publicação do livro “A bridge to a bad star” sobre o desastre de da base espacial de Alcântara, no Maranhão. No ano de 2017 completa a sua pós graduação em Cenografia e Figurino, na Universidade Belas Artes de São Paulo, onde produz o aplicativo Adelaide, para mapeamentos de roteiros e gestão de projetos criativos. Retorna para Brasília, no ano de 2018, para participar efetivamente da sociedade no Espaço f/508 de Fotografia, onde atua na gestão de projetos criativos. Em 2019, participa pela segunda vez da Quadrienal de Praga de Cenografia e Performance, na temática “novas técnicas dentro da cenografia”.

Raisa Pina

Raisa Ramos é historiadora da arte, doutoranda em Artes pela UnB, onde desenvolve pesquisa sobre desigualdade racial na formação da instituição artística no Brasil, com foco na trajetória de Estevão Roberto da Silva (1844-1891) durante seu exercício na Academia Imperial de Belas Artes. Mestra em Artes pela mesma instituição. Foi orientadora acadêmica do curso de Especialização em História e Cultura Afro-brasileira e Africana da Universidade Federal de Goiás (UFG). Graduada em Comunicação Social pela UFG. Interessa-se por aproximações entre cultura, política e direitos humanos. Como jornalista, colabora com veículos nacionais, publicando artigos opinativos sobre seus temas de interesse. Atua no monitoramento de projetos e no controle de resultados do Fundo de Apoio à Cultura da Secretaria de Cultura do DF. É, também, professora na nossa Pós-graduação Lato Sensu em Fotografia como Suporte para a Imaginação.

Anne Mendes

Designer, musicista, professora e pesquisadora, Anne Mendes faz mestrado no Programa de Pós Graduação em Design da Universidade de Brasília (UnB) com foco em Design de Interação e Informação, é especialista em Artes Visuais: Cultura e Criação pelo Senac e bacharel em Publicidade e Propaganda pela Universidade Católica de Brasília (UCB). Designer há mais de 14 anos, seu trabalho e pesquisa giram em torno de percepções sensoriais, improviso, processos de criação e estímulos criativos, assim como em formas empáticas de resolução de problemas. Por acreditar que a aprendizagem é um ato contínuo que deve romper as barreiras da sala de aula, tenta trazer a vida e os interesses de cada indivíduo como elementos primordiais no processo de ensino e documentação do conhecimento.

Josianne Diniz

Professora da Faculdade de Cinema e Mídias Digitais no Instituto Superior de Brasília – IESB. Doutoranda em Comunicação e Sociedade na linha de pesquisa Poder e Políticas Comunicacionais, do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade de Brasília – UnB. Mestra em Comunicação e Sociedade pela Universidade de Brasília, na linha de pesquisa Imagem, Som e Escrita. Bacharela em Comunicação Social em Audiovisual pela Universidade de Brasília. Dedica-se à investigação do Cinema Brasileiro e suas relações com identidade social, imaginário, representação social, análise da história a partir do cinema. O Cinema Brasileiro Periférico e sua relação com território, cultura, estética. O Cinema Latino-Americano, sua relação com a história da América-Latina, colonização, linguagem e estética. Desenvolve pesquisa também em Documentário, com ênfase em documentário ficcional, documentário observacional, fabulação, ficcionalização de si e Documentário Brasileiro Contemporâneo. Membro do Núcleo de Estudos e Produção Digital em Linguagem Sonora, NEPLIS, grupo vinculado ao Laboratório de Áudio da Faculdade de Comunicação (FAC/UnB). É cineasta, atua como Diretora em obras audiovisuais. Sua principal obra é o curta-metragem Onde Mora o Afeto (2018). Filme que aborda afetividades em ambientes periféricos.

Samira Rabello

Nascida e criada no Rio de Janeiro, após passar 7 anos fora, mudou-se para Brasilia, onde já reside há seis anos. Acredita nas construções do pensamento pela interdisciplinaridade, se interessa nas aproximações entre arte, antropologia e psicologia. Tem grande interesse na pesquisa sobre cultura da imagem como processo subjetivação e revisionismo histórico, com foco nos efeitos das imagens e suas sobrevivências nas sociedades modernas. Pesquisadora, Mestre em Artes pela UnB, com pesquisa em semiótica visual sobre imagens em movimento e instalações de arte e Doutoranda, também em Artes pela UnB, com outra pesquisa em revisionismo histórico e cultura da imagem acerca do corpo e das construções arquetípicas com foco no feminino. Realizou curadorias independentes (RJ – DF) e iniciou sua carreira na área sócio-cultural, como Coordenadora de Comunicação do Ponto de Cultura na ONG Viva Rio (RJ).Também atuou com projetos culturais, onde realizou ações e projetos de cinema itinerante para debates com jovens de comunidade do Rio de Janeiro. Atuou como fotógrafa em estúdio (modelo e produtos), e em um site sobre curiosidades históricas da capital carioca.


Ementas

Linguagem e semiótica

Inquietações e debates acerca da atual produção imagética contemporânea, questionamentos inerentes à arte contemporânea, estrutura conceitual vs. a estética da imagem, investigação de signos e conceitos da imagem intertextual, teorias imagéticas de Jakobson, Barthes, Sontag, Sartre Mircea Eliade e Bourdieu, Peirce e o sistema das imagens e dos signos

Estética da linguagem

Imaginário, conceito de estética, experiência estética, reflexão crítica criativa, identificação de movimentos e linguagens culturais, construção de estéticas, imagem e identidade, imagem e tempo, imagem e memória, imagens literárias.

Processo Criativo

Exercícios e técnicas de processo criativo, atividades inter-relacionadas, experimentação de ferramentas e materiais, componentes de pensamento, estímulos ao desbloqueio, técnicas para formatação de ideias e estudo da criatividade.

História da arte moderna e contemporânea

Leitura de imagens a partir da compreensão de processos históricos de construção de linguagens plásticas e significados, fotografia e artes plásticas, perspectivas históricas a partir do renascimento e vanguardas.

Poéticas da imagem: fotografia e literatura

Interpretações dos textos literários de ficção, prosa e ensaística por meio da fotografia; Fundamentos da Literatura: delimitações do campo literário; Literatura e imagem; Inserção das imagens fotográficas no interior da obra literária como tema; Poesia e fotografia; A fotografia como suporte poético; Exercícios de crítica.

Poética cinematográfica: estudos da linguagem audiovisual

Cinema, “a máquina de sentimento”; linguagem cinematográfica; a imagem-movimento e a imagem-tempo; o olhar fenomenológico do cinema, teoria estética do cinema e audiovisual.

Processos históricos, alternativos e manuais da fotografia

Concepção de imagem por meios históricos, processos analógicos, prática em laboratório, cianotipia, goma bicromatada, marrom van dyke, possibilidades de pigmentos e suportes, desdobramentos estéticos.

Narrativas fotográficas

Fotografia x realidade, o extra-quadro, narrativas sequenciais x não-sequenciais, fotografia seriada, noções espaço x tempo na imagem fotográfica, o corte temporal, o corte espacial, estética do desaparecimento, os espaços discursivos da fotografia, a fotografia como texto, a fotografia como arte da memória.

Antropologia Visual

O percurso da antropologia visual, referências imagéticas, etnografia e fotografia – o uso da imagem no campo da Antropologia, a fotografia como instrumento de pesquisa e suas relações com a construção de sentido na História, codificação e decodificação das imagens fotográficas e seu processo de produção, campo discursivo da imagem, imagem fotográfica como instrumento de linguagem e documentação.

Fotografia documental contemporânea

Fotografia documental clássica, fotografia documental imaginária, fotografia documental social, fotografia documental antropológica, temas sociais, impressões sobre o mundo e registros cotidianos, estrutura clássica do documentarismo, conceitos de verdade, objetividade e credibilidade, novas formas de documentação, construção e apropriação do realismo.

Fotografia como suporte para a arte contemporânea

Práticas e técnicas adotadas pelos fotógrafos na produção contemporânea de fotografia, leitura de imagens, estratégias contemporâneas de articulação de conteúdo, fotografia e performance, fotografia e subjetividade, questões políticas relacionadas à imagem.

Criação de projetos imagéticos

Reflexão teórica e prática em ateliê, experimentação, conceito atrelado à imagem, introdução à formulação de projeto, execução de projeto individual.

Estudo de expografia

Marcel Duchamp ou a lógica do ato, dadaísmo e surrealismo, a foto-instalação e a escultura fotográfica, mistura polifônica dos materiais e dos signos, cenografia, o papel do suporte e do meio para a apresentação de conteúdos imagéticos, o histórico da expografia e a polivalência do artista, a posição sócio-espacial do artista.

Processos curatoriais

Identidade e processos curatoriais, organização e montagem de projeto artístico, pesquisa e edição de acervos, conexões poéticas,  museografia, design e montagem, difusão e memória, conceito de museu e museologia, papel do curador, reflexões sobre a prática curatorial.

Metodologia e desenvolvimento de Pesquisa

Elaboração de projeto de pesquisa, os aspectos formais, concepção e estruturação; a construção da amostra, análise do objeto, o resultado, a estruturação do texto, relação entre projeto e memorial.

Trabalho de Conclusão de Curso

Pesquisa e produção de projeto e de ensaio reflexivo orientado por um professor. Acompanhado por painel de discussão, sem efeito de menção, composto por convidados do professor.

Certificado reconhecido pelo MEC.
Esse programa é oferecido em aliança acadêmica entre a Faculdade Unyleya e o Espaço f/508.


Tem interesse no curso? Preencha esse formulário de inscrição, que entraremos em contato para agendar uma entrevista.

Investimento

R$ 16.200,00 | em até 24x de R$675,00 (2˚ lote até 25/02/2021)

R$ 18.000,00 | em até 24x de R$750,00 (3˚ lote até o início do curso)


Formas de pagamento:

• Boleto bancário: valor integral em 1+23x (cartão ou transferência bancária)

• À vista: 10% de desconto (transferência bancária)

• Cartão de crédito: 24x no cartão ou 1+23x em assinatura mensal