Literatura no f/508

Em setembro, teremos o início de dois cursos dedicados à literatura!

Para leitores insaciáveis ou aqueles que querem se aprofundar no universo dos livros, para quem já escreve ou quer desenferrujar a escrita, ambos já estão com matrículas abertas: ⠀

14/09 | Escrita Criativa, com Tiago Velasco: 8 encontros aos sábados (10h às 13h), em busca do aperfeiçoamento da escrita a partir do estudo das principais características do conto ocidental moderno e contemporâneo. ⠀

28/09 | Literatura Produzida por Mulheres, com Ludimila Menezes: 8 encontros aos sábados (10h às 13h) dedicados a grandes autoras e suas obras que marcaram a história, explorando a riqueza e a variedade temática, estilística e filosófica.⠀

Festival Foto em Pauta em Tiradentes |
março de 2020

Fotografia por Samantha Silveira


O festival

O Festival de Fotografia de Tiradentes – Foto em Pauta – celebrará a sua décima edição em 2020. Entre os dias 18 e 22 de março, a cidade será palco de diversas exposições, workshops, palestras, debates, leituras de portfólio, projeções de fotografias e atividades educativas voltadas para a comunidade local.

Reafirmando seu compromisso com a qualidade da programação, o Festival proporciona ao público ricas experiências e trocas com profissionais de renome nacional e internacional, cuja produção artística é representativa no cenário da fotografia brasileira.

Sobre a Trip f/508

A viagem acontecerá no mês de março de 2020

Saída: 19/03/2020
Retorno: 22/03/2020

Para os participantes da “Trip Tiradentes 2020″, o f/508 propõe 03 workshops:

+ Fotografia Mobile, com Raquel Pellicano
+ Paisagens Imaginárias, com Humberto Lemos
+ As aquarelas do Deserto do Atacama, com Humberto Lemos

Sobre os professores:

Monica Nassar graduou em Arquitetura e Urbanismo no Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), em 2012. Em 2013, finalizou o Curso Profissionalizante de Fotografia, no Espaço f/508 de Fotografia, em Brasília. Mudou-se para a cidade de São Paulo, em 2014, onde começou a atuar como pesquisadora em produtoras audiovisuais, entre elas a Academia de Filmes, GOS Catala Filmes, Your Mama, Sentimental Filmes e outras. Atuou também como Diretora de Arte, realizando campanhas para agências como F.biz, NBS, Ogilvy e África. Cursou Cenografia na Escola São Paulo, onde produziu em coletivo o projeto ViroRio, que foi exposto na Quadrienal de Praga de Cenografia e Performance, em 2015, mesmo ano em que participou da equipe de pesquisa da exposição do multiartista Tadeu Jungle na Sala do Humano do Museu do Amanhã. Usou suas habilidades multidisciplinares para compor equipes nas mesas independentes da Mesa e Cadeira, trabalhando com os ciborgues Neil Harbisson e Moon Ribas na construção do WeTooth, o primeiro aparelho de comunicação intra-dental do mundo, em 2016 e com o fundados do Kickstarter, Perry Chen, na publicação do livro “A bridge to a bad star” sobre o desastre de da base espacial de Alcântara, no Maranhão. No ano de 2017 completa a sua pós graduação em Cenografia e Figurino, na Universidade Belas Artes de São Paulo, onde produz o aplicativo Adelaide, para mapeamentos de roteiros e gestão de projetos criativos. Retorna para Brasília, no ano de 2018, para participar efetivamente da sociedade no Espaço f/508 de Fotografia, onde atua na gestão de projetos criativos. Em 2019, participa pela segunda vez da Quadrienal de Praga de Cenografia e Performance, na temática “novas técnicas dentro da cenografia”.

Camilla Rosa é fotógrafa e sócia do Espaço f/508 de Cultura. Artista visual, com produção comercial e autoral, trabalha com a fotógrafa e artista Raquel Pellicano no comando do Estúdio f/508, coordenando a monitoria e a prática de retrato em estúdio. Com 30 anos, atua em Brasília; comercialmente, é especializada em retratos, principalmente de nu feminino, gastronomia e tratamento de imagens. Atua também com fotografia de esportes.

Fotografia por Raquel Pellicano

O pacote inclui

. Pré-encontro, com direcionamento em relação à bagagem e dicas
. Transfer do Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, para a hospedagem, em Tiradentes ida e volta
. Hospedagem em Tiradentes
.Passeio guiados em grupo na Maria Fumaça até o complexo ferroviário São João Del Rei
. Café da manhã
. Lanches durante os passeios (a depender da duração passeio)
. Workshops presenciais e acompanhamento:
. Análises de fotos e direcionamento da produção in loco
. Análise de portfólio  (pós viagem)

*Passagens aéreas não inclusas

Hospedagem

Situada em um belo parque, esta pousada fica a 800 m do centro histórico de Tiradentes. Oferece piscina ao ar livre, bar e recepção 24 horas. Os quartos aconchegantes e bem-iluminados contam com vista para o jardim.

As acomodações da Pouso Alforria apresentam uma decoração com cores aconchegantes e dispõem de TV a cabo, ventilador, cofre e banheiro privativo com chuveiro.

As igrejas coloniais de Santo Antônio e Nossa Senhora das Mercês estão localizadas a 900 m da propriedade. Já a cidade histórica de São João del Rei fica a 14 km da Pouso Alforria.

Investimento

Quartos duplos: 10x de R$ 185,00 (R$ 1.850,00)

Formas de pagamento
.À vista: dinheiro ou transferência bancária [5% de desconto]
.Cartão de débito
.Cartão de crédito [valor integral em até 10x]

Amigos da Galeria f/508

É da natureza de uma galeria de arte delimitar fronteiras que dizem: entre essas quatro paredes, neste lugar, arte é aquilo que mais importa. Inspira representatividade, consolidação e resistência. E isso demanda empenho, estudo, responsabilidade. Por outro lado, todos os sinônimos possíveis para “orgulho” servem para simbolizar os frutos deste trabalho. 

É fácil entender a complexidade e os desafios da existência de uma galeria de arte. Ainda assim, por aqui, sempre sentimos que a multiplicidade inerente a um espaço de cultura sugeriria um lugar como a Galeria f/508. 

Não são só obras penduradas nas paredes ou espalhadas pelos totens; nem somente projetos expográficos, vernissages, exposições e finissages. Nós, que convivemos diariamente com a Galeria, sabemos que há algo de especial que rege o dia-a-dia de um dos lugares mais queridos do Espaço f/508. 

Da vontade de ampliar os nossos horizontes e multiplicar essas sensações, de agregar experiências com mais pessoas, ideias, misturas, combinações e efervescências, nasceu o Amigos da Galeria: um programa, que tem como objetivo aproximar nossos amigos e clientes de um dos nossos principais braços de atuação. 

Queremos explorar o potencial de galeria de arte como ponto de encontro, como nó, local de troca daqueles que acreditam e apoiam o pensamento artístico em Brasília. A partir de um pagamento mensal, proporcionaremos experiências especiais, como homenagens, descontos em cursos e obras, bate-papos, visitas guiadas e, não poderia faltar, a certificação de que temos parceiros incríveis, dispostos a resistir junto à cultura do Distrito Federal.

Bete Coutinho | Brasília Pequena

Mensalidade:

R$ 9,90

Recompensas:

– Seu nome na porta da galeria
– Seu nome no site da galeria
– Desconto de 10% em todos os produtos da Loja f/508
– Desconto de 10% em todo o catálogo da Galeria f/508 
– Bate-papo sobre arte e cultura semestralmente, acompanhado com chás do Quintal f/508
– Visita guiada em exposições de Brasília semestralmente

Em um espaço múltiplo por natureza, que mistura loja, salas de aula, espaço de convivência e café, uma galeria de arte também tem o seu lugar. A Galeria f/508 faz parte do Espaço f/508 de Cultura: conceitual em sua essência, seu acervo tem preços acessíveis, estéticas pictóricas, modernistas e contemporâneas. Todas as obras são assinadas, numeradas e certificadas, seguindo os padrões museológicos de conservação.

Vivência analógica: laboratório P&B e processos históricos

Início: setembro de 2019

Encontros quinzenais às terças-feiras de 19h às 22h

Sobre o programa

A atividade oferece aos alunos a possibilidade de mergulhar no universo da fotografia analógica em suas metodologias. Partindo das técnicas clássicas, em filmes Preto e Branco, o programa passeia, também, por experimentações realizadas ao longo da história, como a cianotipia de Sir John Hershel ou os fotogramas do movimento Bauhaus.

A vivência é direcionada a fotógrafos amadores e profissionais, curiosos e a todos os interessados em processos analógicos da imagem.

Os encontros práticos são realizados em nosso laboratório analógico, divididos em dois grupos alternados semanalmente:

Laboratório P&B

Exercitaremos a prática de revelação em laboratório e contato, prática de cópia, ampliação, revelação seletiva, fotograma, viragem (tonalização), lúmen, quimigrama, uso de reveladores alternativos (ex.: cafenol, melhoral, vinho, etc).

Processos Históricos/Alternativos

Prática, vivência e pesquisa de métodos históricos e alternativos na fotografia como: oleotipia, cianotipia, papel salgado, marrom Van Dyke, antotipia, etc.

Pré requisito: conhecimento prévio de laboratório. Confira aqui nossos cursos introdutórios.
Lista de materiais necessários: papel fotográfico e/ou papel para aquarela, toalha de rosto, negativos e/ou transparências

O programa inclui: químicos básicos (reveladores e fixadores comuns) e estrutura de laboratório.


Coordenador: Alexandre Dafoe de Aguiar

Nascido em Piracicaba, interior de São Paulo, desde criança se interessa por fotografia e seu funcionamento, sempre brincando com o mundo de ponta-cabeça da câmera reflex que pegava escondido da mãe. Sua primeira câmera foi uma Kodak Sport 25mm. Na faculdade frustrou-se com as novas câmeras digitais automáticas (point and shoot) e decidiu cursar workshops de fotografia PB 35mm na Rhode Island School of Design, onde se apaixonou pela fotografia analógica química. É formado em administração hoteleira pela Johnson & Wales University em Providence, Rhode Island, EUA, em Relações Internacionais pela George Washington University, Washington D.C., EUA, e com especialização em Língua e Cultura Russas pela Universidade Estatal de São Petersburgo, na Rússia . Em 2008, no final da segunda graduação, retomou a prática da fotografia em 35mm e foi apresentado aos processos históricos alternativos. Desde então tem se dedicado à pesquisa e ensino desses processos. Trabalhou com programas governamentais de educação em áreas de conflito no Brasil e no exterior até 2017, quando decidiu se dedicar à fotografia e outros projetos.


Inscrições

Para fazer parte da Vivência analógica, o interessado deve enviar um e-mail para cursos@f508.com.br solicitando a sua participação.

Mensalidade

A mensalidade é de R$ 160,00 por grupo ou R$ 300,00 para participar de ambos. O pagamento pode ser realizado através do Pagseguro nos botões abaixo.
A assinatura pode ser cancelada a qualquer momento depois dos 3 meses iniciais.

Taxa de materiais:
R$ 20,00 (grupos I ou 2)
R$ 30,00 (grupo 3)

Grupo 1 – Laboratório P&B (encontros quinzenais)

Grupo 2 – Processos Históricos/Alternativos 
(encontros quinzenais)

Grupo 3 – Pacote completo (encontros semanais)

Agosto: mês da Fotografia Analógica

Há exatos 180 anos, se revelava uma das invenções mais importantes para o mundo das artes.⠀

Em 19 de agosto de 1839, foi anunciado que o invento da daguerreotipia tinha sido adquirido pelo governo francês. A partir dali, o processo fotográfico desenvolvido por Louis Jacques Mandé Daguerre estava em domínio público; assim, o mundo inteiro teria acesso a essa invenção, que fundou a fotografia.⠀

Como consequência da daguerreotipia, surgiram muitos processos fotográficos que são celebrados como técnicas manuais de fotografia até os dias de hoje. ⠀

Em homenagem aos 180 anos desse marco, dedicaremos o mês de agosto a esses processos históricos e analógicos. A partir do dia 03/08, serão nove cursos e oficinas:⠀

06/08 | Rastros Visuais
08/08 | Oleotipia 
14/08 | Introdução ao Laboratório Analógico PB
23/08 | Workshop Lúmem e Quimigrama
26/08 | Oficina Fotograma
26/08 | Oficina Colagem
31/08 | Oficina de Colorização Manual

Estética Visual |
23/09

Início: 23 de setembro de 2019
Horários: segundas-feiras, de 19h às 21h
Total: 8 aulas
Carga horária: 16 h/aula

Nível de exigência: básico
Pré-requisitos: nenhum
Público-alvo: fotógrafos, arquitetos, designers, artistas, cineastas e entusiastas em ampliar seu repertório estético

O curso tem como objetivo o desenvolvimento e ampliação do repertório estéticos dos alunos, usando como base o conceito de “belo”, além da leitura e compreensão de imagens e produções artísticas a partir das faculdades estéticas e composições de linguagem da imagem.

Programa do curso

  • O que é belo?
  • Estética: o que é? O que come? Onde vive?
  • Qual o papel do artista em frente ao conceito de belo?
  • Estéticas: Retrô futurista, Bauhaus, Minimalismo, Brutalismo e Steam Punk, Erótico, Grotesco, Banal, Natureza morta, Expressionismo, Surrealismo, Cyber Punk, Futurismo, Arte Digital e a Estética da Paisagem (Walkscapes), estéticas orientais
  • Análise fílmica de aspectos estéticos da fotografia cinematográfica.
Squares – Herbert W. Franke

Professora

Monica Nassar graduou em Arquitetura e Urbanismo no Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), em 2012. Em 2013, finalizou o Curso Profissionalizante de Fotografia, no Espaço f/508 de Fotografia, em Brasília. Mudou-se para a cidade de São Paulo, em 2014, onde começou a atuar como pesquisadora em produtoras audiovisuais, entre elas a Academia de Filmes, GOS Catala Filmes, Your Mama, Sentimental Filmes e outras. Atuou também como Diretora de Arte, realizando campanhas para agências como F.biz, NBS, Ogilvy e África. Cursou Cenografia na Escola São Paulo, onde produziu em coletivo o projeto ViroRio, que foi exposto na Quadrienal de Praga de Cenografia e Performance, em 2015, mesmo ano em que participou da equipe de pesquisa da exposição do multiartista Tadeu Jungle na Sala do Humano do Museu do Amanhã. Usou suas habilidades multidisciplinares para compor equipes nas mesas independentes da Mesa e Cadeira, trabalhando com os ciborgues Neil Harbisson e Moon Ribas na construção do WeTooth, o primeiro aparelho de comunicação intra-dental do mundo, em 2016 e com o fundados do Kickstarter, Perry Chen, na publicação do livro “A bridge to a bad star” sobre o desastre de da base espacial de Alcântara, no Maranhão. No ano de 2017 completa a sua pós graduação em Cenografia e Figurino, na Universidade Belas Artes de São Paulo, onde produz o aplicativo Adelaide, para mapeamentos de roteiros e gestão de projetos criativos. Retorna para Brasília, no ano de 2018, para participar efetivamente da sociedade no Espaço f/508 de Fotografia, onde atua na gestão de projetos criativos. Em 2019, participa pela segunda vez da Quadrienal de Praga de Cenografia e Performance, na temática “novas técnicas dentro da cenografia”. 


Investimento

1º lote: 3x de R$193,33 (R$580,00 até o dia início do curso ou enquanto houver vagas)

. Inicie o seu processo de matrícula clicando aqui.

Imagem da capa: filme “Gabinete do Dr. Caligari”

Formas de pagamento

  • .À vista: dinheiro, cheque, transferência bancária [10% de desconto]
  • .Cartão de débito [3% de desconto]
  • .Cartão de crédito [presencial – valor integral em até 3x]
  • .Pagseguro [on line – valor integral em até 12x, sujeito à juros da administradora]

. A realização do pagamento acarreta na aceitação do contrato. Acesse clicando aqui.

Literatura produzida por mulheres
| 28/09

Bibliobus, Gérald Bloncourt (1960)

Início: 28 de setembro de 2019
Horário: sábados, das 10h às 12h

Duração: 2 meses
Carga horária: 16 h/aula

Nível de exigência: básico
Pré-requisitos: nenhum
Público alvo: artistas, jornalistas, roteiristas, leitores e leitoras interessados e curiosos

Do romance pioneiro da ficção científica mundial à ainda enigmática poeta da lírica antiga, passando por investigações subjetivistas de fluxo de consciência à mais contundente verve satírica, a literatura produzida por mulheres de diversas épocas mostra, em qualquer recorte não tendencioso, uma riqueza e variedade temática, estilística e filosófica que impossibilita qualquer simplificação em estereótipos reducionistas.

Professora

Ludimila Menezes é poeta, doutora em literatura pelo Departamento de Teoria Literária e Literaturas da UnB com estudos de dez meses na Université Paris-Sorbonne IV, foi professora substituta de Teoria da Literatura na UnB e publicou diversos ensaios em periódicos e livros acadêmicos.

Programa do curso

Aula 1 – A lírica antiga e o universo das mulheres

. Leitura e análise de poemas de Safo de Lesbos, a única mulher pertencente à plêiade dos maiores poetas líricos gregos

Aula 2 – Frankenstein, de Mary Shelley (1820)

Romance precursor da ficção científica, escrito por uma jovem de dezoito anos, publicado primeiramente quando ela tinha apenas vinte, um marco da cultura mundial com adaptações que frequentemente deturparam a carga dramática e filosófica da história original

Aula 3 – Mrs. Dalloway, de Virginia Woolf (1925)

Um clássico da literatura modernista, um mergulho profundo na consciência de uma mulher em uma tarde aparentemente simples de sua vida.

Aula 4 – A Hora da Estrela, Clarice Lispector (1977)

Último romance da mais célebre escritora brasileira, o mergulho de subjetividade aqui se confronta com a realidade cruel da maior parte da população do país.


Aula 5 – Assim na terra como embaixo da terra, de Ana Paula Maia (2017)

Romance vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura em 2018, a escritora carioca expande seu universo claustrofóbico e naturalista com a narrativa de um presídio quase
abandonado.

Aula 6 – O Livro do Travesseiro, de Sei Shonagon (1002)

Considerado um precursor do romance moderno, a narrativa híbrida é uma coletânea de observações, anedotas, poemas e descrições que revelam algo entre uma imagística de mosaico e um inventário de impressões ético-estéticas.

Aula 7 – Como se estivéssemos em um Palimpsesto de Putas, de Elvira Vigna (2017)

A carga satírica, a linguagem elíptica e a dicção feminista forjam o último romance da premiada escritora Elvira Vigna.

Aula 8 – Dias de Abandono, de Elena Ferrante (2002)

Segundo romance da consagrada autora da tetralogia napolitana. Romance que deslinda em linguagem tensionada pela rotina familiar o esfacelado microcosmo da personagem Olga diante do fim de seu casamento com Mario.


Investimento

1º lote: 3x de R$ 206,66 (R$ 620,00 até o início do curso ou enquanto houver vagas)

. Inicie o seu processo de matrícula clicando aqui.

Formas de pagamento

  • .À vista: dinheiro, cheque, transferência bancária [10% de desconto]
  • .Cartão de débito [3% de desconto]
  • .Cartão de crédito [presencial – valor integral em até 3x]
  • .Pagseguro [on line – valor integral em até 12x, sujeito à juros da administradora]

. A realização do pagamento acarreta na aceitação do contrato. Acesse clicando aqui.